segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Música.
Comigo sempre, todos os dias e horas ... não sei viver sem
Esses minutos , em notas amargas
Pra mim que sinto saudade , acabam me levando pra mais perto de voce num passado ou futuro distante
Musica qe é minha e sua , e com o tempo NOSSA
Musica de Cazuza , de Legião , de Placebo e do Rock Clube
Essa musica tão suave qe ainda me lembro , na estação , no adeus ...
Essa musica qe dançamos um dia e que depois , novamente , a mesma
Dançamos e nem sabíamos a letra ...
Talvez houvesse uma tradução nos Hermanos , no Amarante , no Camelo .
Musica que faz lembrar , e as vzs até chorar sem dor .
E eu que ainda tenho tanto pra dizer , pra te sentir , pra te ver
Impossibilitada agora pelos meus próprios atos, me decodifico na musica , seja ela qual for
De preferencia a nossa , naquele dia chuvoso , sem sol .
Te digo em silencio todas as palavras brandas , qe ainda serão ditas ao pé do ouvido
E ainda mais dias , mais meses , infinitas vezes .
Não são truques , são acordes . São os nossos ...
Desculpa eu não dançar agora .
Amor, está na minha hora .

3 comentários:

Stella disse...

Nossa, me identifiquei nesse texto...
O mesmo modo como eu escrevo... rsrs

Jones. disse...

Gosto de Placebo

Fabiane disse...

Lindo lindo.
Gostei do visual do blog, precisa mais da sua identidade.
Beijos.
Está tendo um evento com standes de escolhas, empresas e faculdades. oferecem estágios e workshop. Tá afim de ir?