sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Indiferente

O que mais me espantou foi tua frieza
Meu coração aos pulos e teu sorriso cínico.
Agindo como se nunca , nada tivesse acontecido ...
Não deveria me espantar com isso
Ja que nada em mim te causava frisson
Não era hora disso acontecer .

Nem um 'porquê?' ou um 'pensa melhor' .
Visível meu fracasso
Não o primeiro
Mas o mais surpreendente : teu descaso .

Não te peço sofrimento
Mas só um pouco de sentir falta.
Talvez fosse besteira
Talvez nem aqui você deveria estar
Só não chame isso um dia de amor
Você não entende sobre amar .

2 comentários:

Fabiane disse...

Ensina-me e quem sabe te amarei da forma que mais desejas.

Fabiane disse...

Pense sobre isso. Agora o que é não será.