domingo, 14 de março de 2010

Bem mais.

Te amei bem mais.
Tanto, daqueles amores que a gente acaba se renunciando. Daqueles amores que a gente deseja com toda força, de um coração cansado, que a pessoa seja feliz.
Te amei tanto.
Te amei e desejei ser, a melhor mulher do mundo pra você.
Te amei como melhor amiga, te admirei de longe, quando voce criou asas. E o seu voo me encantou.
Te amei pra sempre.
Te amei, desejando que você nunca caísse. Desejando que você voltasse quando descobrisse o tamanho do nosso amor.
Te amei com a certeza de que você lutaria, se alguma coisa no mundo nos impedisse de ficar juntos.
Te amei. Te admirei. Te quis. Te esperei.
Mas você voou alto, não voltou.
Eu, confusa, me enrolei numa corda. Me perdi num labirinto de possibilidades de (in)felicidade sem você.
Quando decidi largar tudo pra te ir te encontrar, voce havia se encontrado em outros braços, abraços.
Te encontrei se espelhando em outros olhos, contornando outros corpos. Tuas luzes. 
Talvez eu te espere, talvez eu não volte, talvez eu use a corda, a corda pra me enforcar.
Te amei bem mais que a mim.


Ao som de Ana Carolina e Maria Gadú - Bem mais que a mim. 

3 comentários:

Lee disse...

precisava ler isso!
Obrigada mesmo sem saber de nada!^^

so perfect!

Stella disse...

Lindo texto...
Conheci hoje Maria Gadú e quando venho no seu blog c ta falando dela... coindencia!?

Ne me quitte pas é linda acústica!
Seu texto me inspirou! bjs =*
~Ella~

Ivan Kolberg disse...

Que intenso hein? Lindo.