domingo, 7 de março de 2010

Sem mais

Ela ja não liga pro que acabou de lembrar.
Esqueceu acertos e errou outra vez.
De tanto tentar, se cansou, se casou.
Seu jogo de palavras desarmou, fez sombra, se encolheu no canto.
E a gente continua atirando farpas , quebrando vidraças
Pra um dia rir dessa bobagem
Essa bobagem que foi criada.

2 comentários:

Aline J. Romy disse...

Adorei seu texto *---* Você escreve bem :D

fabioh disse...

muito bom srta. fidelis
ficou meio q cantado, gostei muito...
vc bem q podia musicar :)