terça-feira, 6 de abril de 2010

Fade out

Repare na minha cor de cabelo nova.
Porque eu amo seus fios de cabelo branco precoces, sua risada confortante, seu jeito menino.
Teu jeito charmoso de dirigir, teu senso, teu sexo. Teu cheiro de sono e protetor solar, tua voz.
Odeio tanto que chego amar teu nome impregnado na memória.
Sentar de frente pra você, só pra me enxergar dentro dos teus olhos. Ah, como eu gosto disso.
Te ouvir falar dos planos, te admirar brincando. Te encontrar sorrindo.
Falar, sem censura, palavras mudas ao pé do teu ouvido.
Reparar no que você veste e passar a mão na tua nuca, tateando cada detalhe , cada minuto e cada milímetro de pele.
Coisa de pele... tua carne.
E não é só. É um pouco mais de tudo que tem em voce.
São teus sonhos. Os muitos "eus" em você, pra voce, de você.
E diariamente eu desejo.
Só hoje, seja só meu. Desligue o celular, desligue o pensamento.
Me olhe como se eu fosse a ultima mulher do mundo. Me enrole nos teus abraços e ria de bobagens do mundo comigo.
A vida é tão dura, meu amor. Chega mais perto.
Mas se em dois segundos precisar ir, volta pra tua vida.
Meus olhos lacrimejados anseiam somente que voce seja feliz.
Onde quer que for.

6 comentários:

Ivan Kolberg disse...

Parabéns, é tocante e fácil de imaginar. Já é meu preferido.

Ivan Kolberg disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabiane disse...

Esse realmente foi o mais lindo que você já escreveu.

Aline J. Romy disse...

Nossa que romantico! Adorei, me lembrou tanta coisa boa, até me deixou nostalgica!
Adorei ;*

Ella disse...

Amo esse tipo de texto. eu escrevo alguns assim, mas é sempre bom ler o texto dos outros. xD E saber que eu não sou a única no mundo que se sente assim. xD Muito bom o seu texto.

Patricia Thomaz disse...

Nossa muito bom, adorei.
posso dizer que me encontrei nas suas pslavras...estarei sempre aqui.