terça-feira, 15 de junho de 2010

COPAtriotismo

Bom, não tem jeito. Taí a Copa 2010.
Acho meio estranho essa coisa de ver um monte de gente saindo por ai, com camisas e bandeiras flamejando no alto dos carros bem no meio da Av Brasil. Irônico até.
Estou bem mais acostumada a ver as pessoas reclamando do país e das coisas que acontecem.
Por um lado, acho que essa transmissão, essa falação de Copa (e nada mais) ofusca um milhão de outras coisas que continuam acontecendo no mundo todo. E quem tava preocupado com o Golfo do México, não ta mais. Quem tava ligando do político enfiar a grana na cueca, não ta mais. Quem tava pensando nas crianças que morrem de fome todos os dias, ja ate esqueceu. E talvez seja pra isso mesmo: dispersar a atenção.
Por outro lado, eu me vejo querendo ser mais patriota. Eu amo meu país. Sim.
Acho que tem situações que da pra mudar, pequenas ações que geram outras tantas e podem fazer a maior diferença se a gente quiser. Queria ver os bons brasileiros se unindo, não só pra ver os jogos, mas pra reivindicar direitos, lutar pelos ideais e pelas ideias. Queria ver esse patriotismo todo pelas situações que a gente insiste em dizer que não aceita; mas se passa de carro e puder virar pra ver outro lado, fará.
Essas minhas coisas de quem quer ser revolucionário.
Ando sem inspiração pra rimar ou descrever coisas abstratas, então o Brasil me parece alcançável.

Bom, to saindo em 5 4 3 2 1 pra ver o jogo. Não quero ficar em casa.
 Um abraço bem brasileiro, com caipirinha gelada.
E se me vier a cabeça, esse post se desintegrará.

2 comentários:

Felicidade Clandestina. disse...

Somos duas , odeio esse ar de falso patriotismo --' é muito estranho

Mas fazer o que , de alguma forma a gente se envolve na hora mesmo...

Amo te ler , sempre tem esse lance de me identificar com as tuas palavras *-* gosto a beça disso! Beijos flor :*

F! disse...

Eu kero ver se todo mundo vai ter esse "patriotismo" todo na época das eleições...