segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Brasília, Macapá e Natal não são os mesmos depois de você.
João Pessoa, Belém e Porto Alegre também.
As vezes São Paulo não me parece o mesmo e Rio não está tão bem.

Todos esses tem um tom diferente,
Ou sou só eu, eu que não sou a mesma depois de você.

2 comentários:

Aline J. Romy disse...

Sabe o que eu odeio quando leio textos assim? É que não consigo fazer um comentário decente sobre eles. Suas palavras me tocaram, principalmente a última frase. Porque o mundo todo parece não ser mais o mesmo sem a presença de uma certa pessoa.
Adorei. Beijos ;*

Ella ABp disse...

Tudo se transforma após um furacão cheio de "ele" passar. Nada é o que é, nem será o que foi.
Amei o texto.